domingo, 30 de março de 2014

Creme de Abóbora com Gengibre

Domingo de preguiça este, hehe! E como quase não tirei a bunda do sofá, optei por uma jantinha leve, perfeita para os dias de cruzeiro PV/PL. E ainda leva dois termogênicos: o gengibre e a pimenta caiena, para dar aquela turbinada na queima dos bacons! :P

Creme de Abóbora com Gengibre:

1 kg de abóbora cabotiá
1 cebola grande picadinha
1 fiozinho de azeite de oliva
3 colheres de sopa de gengibre picado ou em pó
1 pitada de pimenta caiena
sal a gosto
2 colheres de sopa de requeijão zero


Refoga a cebola no azeite, acrescenta a abóbora picada, dá uma leve refogada,  acrescenta o gengibre e a pimenta caiena. Cobre com água e deixa cozinhando até a abóbora ficar macia. Bate no liquidificador com 2 colheres de sopa de requeijão zero. Para servir, polvilha com salsa e cebolinha. 




Booooooooooom! Bjks e até a próxima receita.

sábado, 29 de março de 2014

Overnight Oat Dukan

Lá vem ela de novo com receita de nome difícil, kkkkk! Overnight Oat é a mais nova queridinha do mundo fitness/diet/alimentação saudável, que vem bombando nas redes sociais, em especial no instagram. Faz uma busca pela hashtag #overnightoats por lá e vai ver que não estou mentindo :P ! Mas nada mais é que nosso velho e bom iogurte com aveia de quase toda manhã, só que mais bonitinho e preparado na noite anterior. Traduzindo seria algo como "aveia dormida". 

O barato de preparar com antecedência é que os sabores vão se misturando, resultando numa explosão de sensações para o paladar. Além de permitir 5 minutinhos a mais de soneca, hehe!

Para preparar a Overnight Oat não existe receita nem regra para montagem! Cada um faz da forma que achar melhor, com os ingredientes que preferir e na ordem que der na telha. A única coisa que não pode faltar é a aveia (oat). 

No nosso caso, que estamos fazendo a dieta Dukan, tem que ser o farelo, obviamente. E infelizmente por enquanto não podemos usar frutas (com exceção da goji berry), granola ou outros cereais, então temos que ser criativas.

 A minha eu montei assim:




2 colheres de sopa de farelo de aveia
4 colheres de sopa de leite desnatado (ou o soro que sobra da drenagem do iogurte grego caseiro)
3 colheres de sopa de iogurte grego caseiro
2 colheres de sopa de geléia fake de chia
2 colheres de sopa de iogurte grego caseiro
1 colher de sopa de goji berry hidratada (deixa de molho na água por 30 minutos)

No lugar das gojis pode usar a geléia de goji que fiz ontem, por exemplo. E dá para variar também o sabor da gelatina utilizada para fazer a geléia de chia. Pode usar gelatina pura mesmo, de vários sabores diferentes, misturar suco de pacote diet no iogurte, o que a imaginação mandar!!!

Eu amei! Outro hábito adquirido durante a Dukan que levarei para a vida.

Bjks e bom findi.

Cheesecake Dukan

Produtivo este fim de semana, né? Acho que estou de bom humor, apesar da TPM, hehe! Já prevendo que vai rolar uma vontadinha de comer doce e aproveitando a ricota que estava fazendo aniversário na geladeira, resolvi testar uma receita de cheesecake. 

Eu AMOOOOOO cheesecake e já fiz várias versões diet ao longo da vida, mas sempre com massa de biscoito ou de farinha. Achei esta receita bem legal, muito parecida com as que eu fazia, com vantagem de ter uma massa Dukan. Não sei porque eles falam no site que é só na consolidação! Para mim, com as alterações que fiz, pode desde o ataque... Me corrijam se eu estiver equivocada, ok? Mas realmente não vejo nenhum ingrediente proibido aqui.

Cheesecake Dukan:

Massa:

6 colheres de sopa de farelo de aveia
2 colheres de sopa de PIS (proteína isolada de soja) ou amido de milho (tolerado, só a partir do cruzeiro)
1 ovo
1/2 colher de chá de fermento químico
1 colher de sopa de adoçante culinário
canela em pó a gosto
3 colheres de sopa de leite desnatado

Bate bem o ovo, e acrescenta os demais ingredientes da massa, deixando o leite por último, adicionando aos poucos para não deixar a massa muito mole. Mistura com uma colher e já vai acomodando no fundo da forma/refratário:



Assa em forno preaquecido (180 a 220ºC) por uns 20 a 30 minutos.



Creme:

2 xícaras de leite desnatado líquido
1 colher de café de essência de baunilha
3 gemas
2 copos de leite desnatado em pó
2 ½ xícaras de1 ricota média (250 a 300 gramas)
1 sachê de gelatina em pó incolor e sem sabor
5 colheres de sopa de adoçante culinário
3 claras em neve

Mistura 1 xícara de leite, a essência de baunilha, o adoçante, o leite em pó e as gemas. Leva ao fogo, mexendo sempre, até engrossar. No liquidificador, bate este creme com a ricota e a outra xícara de leite com a gelatina dissolvida. Bate as claras em neve e junta o creme às claras em neve delicadamente. Despeja sobre a massa já assada e leva à geladeira, por algumas horas.





Na hora de servir, ou mesmo depois que esfriar e endurecer bem o creme, cobre com a Geléia de Goji Berry ou Geléia Fake de Chia. Tem esta outra geléia de goji, que não precisa da máquina de pão para fazer. 


Se quiser, pode também fazer uma gelatina de frutas vermelhas e despejar sobre o creme de ricota, depois que ele endurecer, e levar à geladeira novamente para endurecer a gelatina.

Bom, né? Da série nem parece dieta!
Bjks.

sexta-feira, 28 de março de 2014

Geléia Diet de Goji Berry (Máquina de Pão)

Vocês sabiam que dá para fazer geléias, dos mais variados sabores e frutas, na máquina de pão? Pois é, tem até um ciclo para isso nelas, hehe! Desde que comprei minha máquina, nunca tinha arriscado, até porque não tenho o hábito consumir geléias. Mas com a Dukan, a geléia fake de chia virou item obrigatório aqui em casa. E na da mammy tb, toda vez que faço tenho que dividir a receita, hehe!

Daí que hoje à tarde peguei um potinho de goji que tinha comprado no super, à granel, e vi que o prazo de validade estava quase estourando... Com o "precinho" de R$ 239,00 o quilo, não dá para jogar fora, né???

Pensei com meus botões: e se eu fizesse uma geléia? Corri para o oráculo atrás de uma receita de geléia de goji, mas nenhuma das que achei me agradou. Ou ia suco de laranja (que na Dukan não pode), ou ia gelatina (que ficaria muito semelhante à geléia fake).  E eu queria uma geléia de verdade. Peguei então o livrinho de receitas da máquina de pão e catei uma receita de geléia de morango... Ok, acho que rola! Mas a goji é desidratada, será que funciona com frutas secas? Lá no Máquina de Pão achei uma receita de Geléia de Damasco... Damasco é fruta seca... Bingo! Vamos adaptar. 

E chegamos à receita:

Geléia de Goji Berry (Máquina de Pão):

1 copo de goji berry
o quanto baste de água para cobrir as gojis
2/3 de copo adoçante culinário
suco de 1 limão

100 ml de água


Coloca as gojis de molho na àgua, por 30 minutos, para hidratar. Depois, bate todos os ingredientes no liquidificador, bem pouquinho, só para dar uma leve triturada e misturada em tudo. Não precisa escorrer as gojis. Despeja tudo na forma da máquina de pão e programa o ciclo Geléia (na minha Mondial é o 9). 



Sei que suco de limão é só na consolidação e tal, mas olha a quantidade de geléia!!! O pouquinho que vai se consumir por dia acho que não compromete, né? Além do que, depois de 10 dias de desafio detox, tomando o suco verde todos os dias e perdendo 4 quilos, acho que o suco de limão não atrapalha em nada a dieta.

Bjks e até amanhã com mais uma receita!

quinta-feira, 27 de março de 2014

Desafio DETOX: 10º e último dia

Chegamos ao fim do desafio DETOX proposto pela Drika. Apesar da jacada de domingo foi muito gostoso participar e, principalmente, chegar ao fim destes 10 dias com 3,9 kg a menos, uhuuuuuuuu! E olha que estou naquela fase do mês em que aumento, involuntária e invariávelmente, uns 3 kg (maldita TPM). Fico imaginando, se fosse em outro período do mês, se teria conseguido emagrecer mais... Acho que vou lançar um desafio aqui no blog qualquer dia destes para ver se rola, hehe!


Outro ponto importantíssimo para mim é que o desafio foi lançado exatamente no momento que eu estava retomando a dieta depois de 2 semanas jacando, o que tornou mais fácil focar e não desistir! Sim, eu sou meeeeega competitiva, hehe, e saber que estamos fazendo algo em grupo me faz querer seguir certinho, ser vencedora, mesmo que não haja prêmio algum envolvido, kkkk! Na real tem, né? O prêmio é uma vida mais saudável e vários kilos a menos na balança.



Resumindo: amei participar e espero que muitos outros venham por aí!



Meu cardápio de ontem:


Café da manhã: café preto + iogurte caseiro com geléia fake de chia

Lanche: balas de algas

Almoço: kibe recheado com requeijão zero + suco verde

Jantar: 2 fatias do Pão de Aveia 2 com creme de ricota light, peito de peru light e mozzarella light

Ceia: iogurte caseiro com uma colher de sopa de farelo de aveia



Era isso! Bjks e até a próxima receita.

quarta-feira, 26 de março de 2014

Pão de Aveia Dukan 2: o DEFINITIVO (Máquina de Pão)

Lembram do Pão de Aveia que postei no sábado? Pois resolvi que hoje era dia de reformular aquela receita, aumentar a quantidade de farinha de glúten e diminuir a de farelo de aveia, para poder comer um pouquinho mais, hehe! De novo me baseei pela receita original e do livro de receitas da Mondial. Assim, chegamos ao que acho que será a receita de pão Dukan definitiva, pelo menos para mim, para o resto da vida!!! Sim, porque pretendo permanecer magra ad eternum e adotar a Dukan como estilo de vida, né?

320 ml de água
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de adoçante culinário
3 copos de farinha de glúten (300 gramas)
1 copo de farelo de aveia (8 colheres de sopa)
4 colheres de chá de fermento biológico granulado seco

Coloca os ingredientes, na ordem acima, na forma da máquina. Seleciona o ciclo integral (na minha Mondial é o 3), tamanho 900 gramas, cor claro. Antes de assar, pode colocar por cima umas sementes de linhaça ou chia. 




Deixa esfriar por uns 30 minutos depois de desenformar. Aí corta as porções e guarda em sacos ou potes bem fechados! 

Bom, agora vamos à divisão das porções. Farinha de glúten é permitido 100 gramas/dia, em dias alternados. Farelo, no cruzeiro, são 2 colheres de sopa ao dia. Dividindo o pão em 4, cada porção terá 2 colheres de sopa de farelo de aveia e 75 gramas da farinha de glúten. Olha aí a porção permitida por dia:





Quatro, eu disse quatro fatias! Enormes! Dá para comer 2 no café da manhã e duas à noite, para quem não janta, como eu. Perfeito, 

Bjks e até amanhã com o relato final do desafio.

Update: este pão dura legal uns 3 dias fora da geladeira, portanto se não tiver com quem dividir, congela uma parte, ou faz meia receita. Fiz meia no ciclo para 600 gramas e ficou MARA! Olha ele aí:




Desafio DETOX: 9º dia

Cansei de esperar pelo copo do liquidificador! Me joguei para o shopping ontem para comprar um liqui novo, pois é quase impossível manter a criatividade na Dukan sem um, hehe! Comprei um mais "econômico" para quebrar o galho enquanto espero pelo copo que custa 3x mais caro que o que comprei ontem... :o Esta foi a razão de não ter postado ontem, cheguei bem tarde e cansadinha.

Acabei tendo que jantar no shopping. E sabe que resistir às tentações de uma praça de alimentação nem foi tão difícil? Claro que o marido queria ir na lanchonete famosa aquela do palhaço, mas eu não sou palhaça (dã!) e vetei logo de cara, kkkk!

E querem saber outra coisa? Ao contrário do senso comum, dá sim para manter a dieta comendo fora! Eu jantei uma posta gigante de salmão grelhado com salada (tá, era dia de PP, mas juro que comi só 2 rodelas de tomate e a rúcula, o alface deixei todo no prato, hehe!), pelo MESMO VALOR que uma oferta do palhaço com refri e fritas, com 1/3 das calorias e sem jacar. #foco  Na Dukan não se conta calorias, mas quem faz dieta a vida toda nunca consegue deixar de pensar nas malditas, né?

Cardápio:

Café da manhã: café preto + iogurte caseiro com geléia fake de chia

Lanche: balas de algas

Almoço: falsa lasanha com sobras do churrasco picadinhas e refogadas no alho e cebolha, montada com peito de perú e mozzarella light (me inspirei aqui+ suco verde

Jantar: 1 posta de salmão grelhado com salada + água com gás

Ceia: 2 enroladinhos de frios + chá

Bjks e até mais tarde com o post do 10º e último dia do desafio.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Desafio DETOX: 8º dia

Tentando retomar após a jacada de ontem, hehe! Estamos na fase PP do desafio novamente, pois eram 3 dias PP, 3 PL e 4 PP, lembram? E a balança maldita acusou feio minha escorregada: 1 kg a mais :o !!!! Eu acho que parte já é retenção de líquido/TPM, pois normalmente começo a ganhar peso uns 5 dias antes mesmo... Me recuso a acreditar que botei 1 kg de pipoca no corpo, kkkkkk! Mas como já disse mais cedo, não adianta desespero, negócio é focar de novo e seguir em frente.

Cardápio:

Café da manhã: café preto 


Lanche: balas de algas

Jantar: 1 fatia do pão de aveia com creme de ricota light e peito de perú light

Ceia: 3 enroladinhos de frios + chá


Bjks e até amanhã!

Desfio DETOX: 7º dia e uma jacada

É, a TMP tá chegando mesmo... Quatro dias de balança empacada e uma vontade absurda de jacar!!!

No almoço me comportei direitinho, mas de noite, aff! Sem comentários, hehe!

Cardápio:

Café da manhã: café preto (eram quase 2 da tarde, kkk) + suco verde

Almoço:  maminha assada, sem a gordura + chá chapa barriga




Lanche: não rolou

Jantar: pois é, jantar não jantei, porque fui para a frente da TV com um balde de pipoca e um copo de Coca Zero! Tá, podem me chicotear!!! Eu mereço. E o pior, fui dormir com fome e culpa :(

Fazer o que, né? Bola para a frente e tentar fazer tudo certinho nestes 3 dias que faltam.

Bjks.

domingo, 23 de março de 2014

Desafio DETOX: 6º dia

Sabadão de muitas atividades pede um café da manhã mais reforçado, né? Para quem quase nunca come de manhã uma fatia de pão já é reforço, hehe! E o churrasco com os amigos acabou virando ida para a balada, com direito a dançar muito, por isso acabei não postando ontem... A balança segue empacada, mas hoje volto ao Cruzeiro PP e ela deve começar a fazer as pazes comigo, hehe!

Cardápio:

Café da manhã: café preto + Pão de Aveia Dukan com creme de ricota

Almoço:  Sopa DETOX + 1 fatia de maminha assada + salada com molho de iogurte + suco verde

Lanche: não rolou

Jantar: churrasco!!!!!!! O salsichão é de frango e a costela eu não comi :(


Bjks e até mais.

sábado, 22 de março de 2014

Pão de Aveia Dukan (Máquina de Pão)


Bom diaaaaaaa! Vai um pãozinho "integral" aí?

Quando comprei minha máquina de pão descobri um blog M-A-R-A, o Máquina de Pão, dã, de um moço chamado Maurício, de quem virei fã imediatamente! Alí descobri que realmente a criatividade na cozinha não tem limites, basta não ter medo de inovar ou arriscar. Ele faz risotos, sopas e até carnes na Máquina de Pão, sério! Ah, e ele tem outro blog, igualmente maravilhoso, o Fritadeira sem Óleo, que vale muito a visita.

Já falei aqui, quando não rolou o pão mais fail da história, que não sou muito a fim de deixar minha amada maquininha parada enquanto estiver de dieta, então sigo na busca de receitas para botar a bichinha no uso, hehe! Eis que, fuçando lá no Máquina de Pão encontro uma receita que se adapta perfeitamente à dieta do tio Dukan, pão de aveia


Como ainda não tenho uma balança de cozinha, dei uma adaptada na receita, usando as informações da receita original, do livro de receitas da máquina e o olho mesmo, hehe!

300 ml de água
1 colher de café de sal
1 colher de café de adoçante culinário
1 e 1/2 copos de farinha de glúten (150 gramas)
2 copos de farelo de aveia (225 gramas) = 16 colheres de sopa
1 e 1/2 colheres de chá de fermento biológico granulado seco

Coloca os ingredientes, na ordem acima, na forma da máquina. Seleciona o ciclo integral (na minha Mondial é o 3), tamanho 600 gramas, cor claro. Antes de assar, pode colocar por cima umas sementes de linhaça ou chia. 




Depois que esfriar um pouco, corta em 8 fatias (se estiver no cruzeiro, pois aí cada fatia terá à 2 colheres de sopa de farelo) ou de acordo com tua cota de farelos e guarda em sacos ou potes bem fechados! 




Fiz com 2 colheres de café de fermento, mas achei que poderia ter crescido um pouquinho mais, então já ajustei a quantidade de fermento na receita aí acima. E acho que na próxima vez vou dar uma remixada na receita, aumentando um pouco a quantidade de farinha de glúten e diminuindo a de farelo, para poder comer um pouquinho mais, kkkkk!

Sinceramente acho que esta será uma receita para a vida, não só durante o emagrecimento, porque ficou realmente muito gostoso, igualzinho o pão integral "normal" feito na máquina.

Ah, e sempre é bom lembrar que a farinha de glúten pode ser consumida em todas as fases da Dukan, respeitando a quantidade de 100 gramas por dia, em dias alternados (não, infelizmente não pode todos os dias), de 3 a 5 vezes por semana, ok?

Bom, né? Bjks e até mais.


sexta-feira, 21 de março de 2014

Desafio DETOX: 5º dia

Hoje foi dia de muitas receitinhas, hein? E todas dentro do desafio, o que é melhor! A balança deu uma empacadinha de ontem para hoje, foram "só" 200 gramas a menos, hehe! A gente fica mal acostumada, né? Bastaram 3 dias mudando o dígito do meio que a louca já fica viajando que se mantiver o mesmo ritmo vai chegar ao fim de 10 dias de desafio com quase 10 kg a menos! Mas, embora o inconsciente fique na torcida, o consciente sabe que não é assim que funciona... Vamos ver a pesagem de amanhã! Siiiiiim, estou me pesando TODOS OS DIAS, faz parte de mim isso, não sei chegar na pia para lavar a cara e não pisar na balança, não adianta, kkkkkkk! E vamos combinar que 200 gramas/dia são 1,4kg/semana = quase 6 kg em um mês! É bastante!!!!

Minha esperança é que, ao fim do desafio, eu consiga eliminar perto de 5 kg e baixar de dezena, hehe! Mas se não der não é motivo para desespero. Até porque semana que vem chega aquele período em que, invariavelmente, aumento uns 3 kg (TPM é uma m&rd@!!!!!!).

Bom, chega de enrolação e vamos ao dia de hoje:


Cardápio:

Café da manhã: café preto e Iogurte Grego Caseiro com 2 colheres de farelo de aveia + suco verde 

Almoço: Escondidinho de Carne Seca com Abóbora  + chá chapa barriga

Lanche: não rolou :(


Ceia: 2 enroladinhos de frios


Bjks e até amanhã!

Sopa DETOX e anticelulite


Esta sopa mágica foi publicada no site oficial, não sei se logo após as festas, mas só ontem que alguém publicou lá no Facebook! Tenho que me lembrar de fuçar com mais frequência no site do tio, hehe! Como de costume dei aquela alteradinha na receita, mas desta vez foi por não ter encontrado alguns ingredientes no super... O aipo por exemplo, fui informada que não é época, então não tem jeito. De resto, acrescentei o gengibre, a pimenta cayenna em pó e a pimenta moída, afinal acelerar ainda mais o metabolismo, além de dar sabor, não faz mal algum, não é mesmo?


1 dente de alho picado
1 cebola picada
1 fiozinho de azeite de oliva extravirgem
1 litro de água
5 folhas de couve
1/2 maço de acelga
1/2 maço de espinafre
1/2 maço de chicória (na receita original é escarola, mas não achei)
1/2 talo de alho poró (
na receita original é aipo/salsão, mas também não achei)
1/2 maço de salsa
1 chuchu
1 abobrinha
1 pitada de gengibre em pó
1 pitada de pimenta cayenna em pó
sal e pimenta a gosto

Refoga a cebola e o alho picados no azeite. Junta a água e em seguida todos os demais ingredientes. Deixa cozinhar por 30 a 50 minutos (ou até que os legumes fiquem bem macios). Tempera com o gengibre e a pimenta cayenna e ajusta o sal e a pimenta moída. 



Depois que amornar um pouquinho, bate no liquidificador. Para servir, pode polvilhar com ervas (orégano, tomilho, alecrim) a gosto. Eu usei salsinha e cebolinha picadas e um tomatinho uva para dar cor. Huuuuum!




Outra coisa que fiz foi dobrar a receita, porque como já sabem tenho pavoooooor de desperdício e não sei se iria conseguir consumir todas estas metades de maços que ficariam para trás, kkkkkk! Claro que rendeu uma tonelada de sopa, mas nada que alguns potinhos e freezer não resolvam, né?

Escondidinho de Carne Seca com Abóbora

Hoje foi dia de testar receitinha nova para o almoço! Esta receita foi postada em outro grupo do Facebook, o Mulheres Dukanramba pela querida Danielle. Obviamente dei aquela remixada básica de sempre, mas não muito. Vamos à receita?

Escondidinho de Carne Seca com Abóbora:

500 gramas de abóbora
400 gramas de carne seca desfiada
1 copo de requeijão zero ou light
1 cebola picada
2 dentes de alho picado
1 pitada de gengibre em pó
1 pitada de sal
salsa e cebolinha picadas a gosto
pimenta moída à gosto
1 lata de tomates pelados (ou tomate fresco, ou passata de tomate, como preferir)
1 fiozinhos de azeite de oliva
parmesão light ralado


Cozinha a abóbora, picadinha para ir mais rápido, com água suficiente para cobrir, em uma panela tampada. Quando a abóbora estiver bem cozida escorre e esmaga com um garfo. Refoga 1/2 cebola picada em um fiozinho de azeite e junta a abóbora esmagada. Tempera com gengibre em pó, sal e pimenta e acresecenta 2 colheres de sopa de requeijão zero. Reserva. 


Em outra panela, refoga a outra metade da cebola picada e os 2 dentes de alho picadinhos. Junta a carne seca desfiada (ou carne moída), refoga um pouco mais e junta os tomates. Depois de cozido, acrescenta a salsa e a cebolinha picadas.


Montagem do prato:

Num refratário, coloca o requeijão no fundo, espalha a carne seca por cima e depois o creme de abóbora. 






Salpica com parmesão light e leva ao forno para gratinar, uns 20 minutos.

\

Ficou DIVINO!!!!! Eu usei esta carne seca de caixinha, que já vem prontinha para uso:




É bem gostosa e claro muito prática, só achei que tem sódio demais (837mg na porção de 100 gramas!!!) e a gordura também fica acima do permitido na Dukan (12%), então na próxima vez vou fazer com carne moída... ;)

Bjks e até à noite com o relato do 5º dia de desafio DETOX!